Lei proíbe embutidos na merenda das escolas públicas do DF


06 Jan
06Jan

    

 

      Salsicha, linguiça, mortadela, presunto e salame estão entre os alimentos embutidos que a Lei nº 6.475/20 sancionada no dia 6 de janeiro pelo Governo do Distrito Federal, proíbe na merenda das escolas públicas de todo o DF. A proposição, de autoria do deputado Sardinha, visa uma alimentação mais saudável para os alunos da rede de ensino.

      Para o distrital, a retirada dos ingredientes da refeição das escolas é uma forma de cuidar da alimentação dos alunos. “As pessoas não estão preocupadas com o que está sendo servido diariamente para nossas crianças. Os embutidos, por sua vez, são alimentos agressivos e até mesmo nocivos à saúde de todos”, explica Sardinha. 

      De acordo com o diretor de pesquisas do Instituto de Pesquisa do Câncer, Nigel Brockton, o consumo desses alimentos processados aumentam em 18% o risco de desenvolver câncer de colorretal. Além desses  produtos conterem alto teor de sal e de gordura saturada.

      A Lei prevê que entre em vigor na data de sua publicação.

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.